Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





I´m feel alone

por ss, em 11.01.12

 

 

Às vezes sinto-me tão sozinha, mesmo estando rodeada de pessoas. Parece que ninguém me compreende, mas a culpa é minha. Como posso querer que as pessoas me compreendam se eu não lhes falo de mim, dos meus problemas, dos meus sentimentos... Sempre fui assim, uma carapaça! E tenho consciência que isso impede que as pessoas me conheçam. Impede que se aproximem. Eu própria me afasto das pessoas. Chego a pensar que tenho fobia social. A relação do meu eu com o outro é bastante distante. Não sei porquê, mas o meu instinto faz-me ficar sempre de pé atrás! Quase nunca ninguém sabe o que estou a sentir, ou a pensar naquele momento. E às vezes, apetecia-me somente receber um abraço...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Roberto Azevedo a 05.02.2012 às 18:12

Não percas tempo a pensar que algum dia alguém te vai compreender. A solidão é a condição humana. Nunca ninguém vai preencher esse espaço. Quando mais rapidamente aceitares esta verdade, menos tempo vais perder a tentar procurar o que não podes alcançar O máximo que podes ter é tu própria conheceres-te e saberes o que queres. Cultiva isso e cresce com isso. Vais tornar-te mais forte. Nunca esperes ultrapassar esta condição.
Imagem de perfil

De ss a 06.02.2012 às 18:20

Gosto de acreditar que é possível preencher esse espaço... mas eu sou utópica... talvez tenhas razão... o passo mais difícil será certamente meter na cabeça essa condição humana... e dessa forma, deixar de sentir a solidão...
Sem imagem de perfil

De Roberto Azevedo a 06.02.2012 às 22:46

A ideia não é deixares de sentir solidão mas reconhece-la e fortalecer a tua personalidade a partir dessa ideia. O que tu queres dizer não é utópica (porque isto implica uma ideia política), mas sim, talvez, idealista. Não sei até que ponto, numa fase da tua vida, isto acaba por significar ingenuidade. Um dia isso acaba por fazer parte de ti.
Imagem de perfil

De ss a 07.02.2012 às 00:42

Obrigada pela correcção.

Idealista ou talvez ingénua...

Como é que se reconhece a solidão? Como é que se aceita a solidão? E aceita-se sempre? Não há momentos em que se vacila? Como é que superas o facto de estares sozinho quando o que te apetecia era ver alguém, falar com alguém, estar com alguém, mas não podes, porque esse alguém simplesmente não existe?

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D